segunda-feira, 15 de março de 2010

Filmes inadequados para menores de ...


Olha, eu sei que pode ser viajem minha, mas eu acho que tem uns filmes que foram lançados tendo tudo pra serem leves, infantis, e acabam não sendo tão “fáceis” assim.. não sei se o cinema deixou de seguir aquela linha séria e densa pra adultos ou as crianças de hoje não são mais as mesmas que absorviam facilmente Xuxa e Os Trapalhões anos atrás. Acontece que quatro filmes me chamaram atenção pra idéia de que o cinema anda investindo na fantasia, deixando que ela entre em suas histórias, mas nem por isso o filme deixa de ser interessante. Vejamos:

Onde Vivem os Monstros: atual filme moderninho, eu só ouço falar que é bem mais forte do que um simples menino que começa a brincar com seus monstros imaginários. Eu confesso me interessar pela história e principalmente por algumas imagens do filme, que ao invés de viajar na onda Avatar, trás monstros, de verdade, que materializam as faces de um menino que começa a passar pelas mudanças do final da infância.

Deixe Ela Entrar: Apesar de ter censura e não ser meeeesmo infantil, em tempos de Crepúsculo, abrir uma resenha no jornal sobre um filme de uma menina vampira pode parecer “mais do mesmo”, o que definitivamente não se aplica a esse filme sueco que trás a história de uma nova vizinha que acaba envolvendo um garoto esquisito do colégio em sua vida e em seus mistérios. A fotografia e a trilha conversam e a história totalmente fantasiosa ganha toda a verdade que precisa ao usar o essencial de efeitos especiais e apostar no envolvimento dos sentimentos e na “evolução” psicológica de Oscar, enquanto conhece melhor sua nova amiga.

UP!: Esse sim, era o estereótipo PIXAR infantil, mas... O filme não faz a menor questão de ser bonitinho, fala de todos os dramas que estamos sujeitos: morte, desilusão com nossos ídolos, solidão e até mesmo insegurança e relações familiares. Tudo isso num filme de animação que vai se desenrolando entre um menininho que tentar ser visto pelo pai e um vizinho ranzinza que tenta realizar o sonho da esposa.

Alice: é o que se diz né? Tooodo mundo querendo ver! Já passou o recorde de bilheteria de Avatar na primeira semana e por aqui já se ouve a ansiedade de quem quer ver NO CINEMA a nova película de Tim Burton, o marketing perfeito aliado à toda forma de divulgação possível estão gerando uma onda de necessidade pelo filme que me assusta, eu mesmo espero pra ver o filme e acompanho as notícias e novidades sempre. Mais uma promessa de crianças, adultos e descoladinhos na platéia...

2 comentários:

alinelveloso disse...

UP é fantástico, mas realmente é um filme muito denso pra se dizer infantil. O filme já começa pra baixo e mudo, com a morte da Ellie. A partir daí fica mais divertido mas continua a ser um filme com valores bem fortes pra simples crianças, porém eu acho que os filmes agora estão sendo feitos pra agradarem tanto as crianças como quem as tiver acompanhando, por isso procura-se esse tom entre o infantil e o adulto, e o UP consegue ter esse conceito.
Ufa, falei um bocado, ne´? XD

Davi disse...

Adoro sair malzinho do cinema,
Xuxa e o mistério da feiurinha é para os fracos!!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails